Click on the slide!

Sem fins lucrativos.

Reinvestimos tudo o que ganhamos para a melhora do atendimento médico, atividades educativas e pesquisa científica.

More...
Click on the slide!

Compartilhar nosso conhecimento

Nossos médicos oferecem seus serviços para atendimento gratuito da população com doenças do fígado.

More...
Click on the slide!

Nossas atividades beneficiam VIDAS.

As doenças do fígado afetam milhares de pessoas, nem todas conseguem atendimento médico adequado.

More...

Jason Goulart ajuda o Instituto para Cuidado do Fígado

Jason Goulart para o ICF

Seja bem-vindo.

Oferecer ao paciente e sua família um atendimento humano baseado na verdade científica é o que a equipe do ICF busca em suas atividades diárias. As doenças do fígado afetam milhares de brasileiros e na grande maioria das situações os melhores resultados somente são obtidos através de tratamentos multidisciplinares e de alta complexidade.

"Simplificar para o paciente o que é complexo para a medicina."

Essa complexidade acaba por vezes alijando muitos pacientes, que não encontram na imensa maioria da estrutura de saúde, seja pública ou privada, o melhor tratamento para o seu caso. Por não admitir, quer seja pelo motivo do paciente morar fora de um grande centro ou não poder contar com recursos financeiros, é que nasceu o ICF. Reunir em uma equipe, inúmeros especialistas, acaba por influenciar diretamente o tratamento de nossos pacientes, que encontram em um único lugar a possibilidade de ter um médico orientando e coordenando desde o início e diagnóstico da doença, até o término de seu tratamento, seja ele tomando remédios ou realizando um transplante. Convidamos você a conhecer mais sobre nossa missão e objetivos, tratamentos realizados e atividades desenvolvidas.

Central de Notícias ICF

A questão da negativa da doação de órgãos

Reportagem veiculada no Estado de São Paulo no último dia quatro procura demonstrar o crescimento do número de transplantes em nosso país nos últimos anos. Dentre dados e comentários da reportagem, destaco:

"Segundo Borba, a resistência à doação está ligada à falta de esclarecimento da população. "[Nas campanhas] queremos esclarecer que é um procedimento seguro, que a pessoa não vai ter sua morte acelerada. coisas que ainda persistem na mentalidade da população, mas que vêm melhorando gradativamente e muito intensamente nestes últimos anos."

O coordenador ressalta que muita gente não doa porque teve seu parente mal atendido no setor de urgência. "Se o atendimento for ruim na hora que o paciente precisa ser atendido, como a família vai ser abordada para que doe os órgãos do ente que faleceu?"

Héder Borba, coordenador do Sistema Nacional de Transplantes, órgão do Ministério da Saúde responsável pela regulação da atividade transplantadora, de maneira feliz e precisa toca em um ponto normalmente não levantado na questão de doação de órgãos para transplante. Conforme previamente aqui já comentado, a questão da negativa familiar não se resume a falta de compaixão, escrevi naquele momento: "Porém, um fator que não pode ser negligenciado e diretamente relacionado a recusa familiar, é o sucateamento do sistema de saúde público, que resulta num atendimento muitas vezes inadequado ao paciente que acaba evoluindo para a morte cerebral. Isso traz a consequênia da insatisfação familiar, que acaba resultando na negativa da doação, quando é abordada para autorizar a doação de órgãos."

Read more...

Consequência, não causa

Quando o transplante não ocorre, reportagem da Gazeta do Povo, veiculada no domingo de Páscoa (20/04/2014) procura relatar algumas das dificuldades que envolvem a disponibilização de órgãos para a realização de transplantes. Diz a reportagem:

O Brasil tinha, no final de 2013, 23,9 mil pessoas à espera de um órgão ou tecido. Apesar de o país ter somado 21,3 mil transplantes no ano passado, o número ainda é baixo. Segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), o Brasil ocupa o 30.º lugar no ranking mundial de transplantes quando se compara a população ao número de procedimentos.

Os dados publicados pela ABTO, no fechamento do Registro Brasileiro de Transplantes de 2013, demonstram o grande número de transplantes em número absoluto (segundo no mundo) realizados em nosso país, porém quando estratificado o número de procedimentos por milhão de população (pmp), observamos um posicionamento mais modesto (30º). A interpretação desse número é que muito mais pessoas deveriam ser tratadas com transplante em nosso país, existe um déficit gigantesco. Dois fatores relacionados às deficiências de nosso sistema de saúde ajudam a fomentar esse número: a dificuldade de acesso da população ao atendimento especializado (que indicará o transplante) e os grandes "brancos" geográficos, que são regiões que não realizam nenhum tipo de atividade transplantadora, seja a notificação e captação de órgãos ou a realização de transplantes em si. O primeiro, impulsionado pelo segundo, subestima o número de potenciais receptores para transplante em nosso país, resultando no baixo número de transplantes por milhão de população.

IV ICF de Tênis 2014

Acontece neste final de semana, dias 29 e 30 de março, o IV ICF de Tênis 2014, torneio de tênis que a Marco Silva Academia de Tênis promove pelo quarto ano consecutivo em prol do Instituto para Cuidado do Fígado (ICF).

O ICF de Tênis 2014 tem esse ano como patrocinadores o Hospital Sugisawa, A&W Gastro Saúde, BM Premoldados Ltda, X-Leme Radiologia, Viva Imagem, Batel Grill, Ace Point e a Marco Silva Academia de Tênis. Esse ano também o evento conta com o apoio da Cia da Corrida e ID Mark.  Pessoas de fundamental importância para o acontecimento de mais um evento beneficente do ICF.

Read more...

Saiba mais.

Esteatose hepática

A esteatose hepática, ou doença do fígado gorduroso, ocorre devido ao acúmulo excessivo de lipídios (gordura) nos hepatócitos (células do fígado).

Read more...
Nossa missão é atender com qualidade e respeito os pacientes portadores de doença do fígado.

A qualidade só é obtida com a promoção da educação, do diagnóstico, do tratamento e da pesquisa científica.
Banner